16/12/2016

Chegou o Ministério da Verdade?

Facebook vai começar a classificar os "posts", sendo que a classificação vai ser feita pelos mesmos do costume. Esta nossa ferramenta de contra-informação irá brevemente começar a classificar posts/notícias de acordo com a sua "veracidade", para combater as notícias falsas é claro.

"O Facebook vai assinalar as notícias cuja veracidade ainda esteja em discussão, para avisar os utilizadores que podem estar a ler ou a partilhar informações falsas. Para isto, a rede social vai aliar-se a uma rede de verificação de factos, a rede internacional de fact-checking do Instituto Poynter, uma das mais reputadas escolas de jornalismo dos Estados Unidos." A ABC NEWS, do Grupo Disney também se irá juntar à festa das notícias falsas, com o apoio dos dados do facebook.

Antes de vós dizermos o que descobrimos sobre a tal escola/instituto, vamos falar sobre "fact-checkers", ou os novos Ministérios da Verdade pelo andamento da carruagem.  Ontem publicámos na página, a versão da jornalista canadiana sobre Aleppo, que já foi obviamente refutada pela "Verdade Universal". Obcecados  como somos pela informação fomos atrás da verdade, até percebermos que as fontes para a "Verdade" eram a Reuters ou o Washington Post por exemplo.

Já é de uma forma amplamente conhecida, que não existiam armas de destruição maciça (WMD) no Iraque, no entanto, uma breve pesquisa nesse mesmo ministério da verdade sobre isto, dá-nos um resultado hilariante. Não é verdade nem mentira, é uma mistura. Fontes utilizadas? Washington Post por exemplo. E o melhor disto tudo é que o Washington Post conseguiu descobrir que afinal existiam mesmo armas dessas no Iraque... e em 2014 num novo artigo, absolutamente fantástico.

Mas não fica por aqui, o mesmo ministério, rotula como "falsa" a perigosidade do herbicida RoundUp da Monsanto que contém glifosato.

O Instituto Poynter foi criado em 1975 por Nelson Poynter mas acabou nas mãos do bilionário Robert Bass em 1988. Esta Escola/Instituto detém o jornal  "Tampa Bay Times", em St. Petersburg, Flórida.

Em 2015, criou a Rede Internacional de "Verificadores de Factos" (International Fact Checking Network), e escolheu para dirigir o projecto Alexios Mantzarlis, um antigo assessor de Mario Monti, ex-primeiro ministro italiano.

Este projecto foi financiado por Pierre Omidyar, fundador do eBay e pela National Endowment for Democracy (NED), organização não-lucrativa sediada em Washington, financiada essencialmente pelo Congresso Norte-Americano, e que teve como co-fundador Ronald Reagan em 1983.

O "Tampa Bay Times" (detido pelo Instituto Poynter), antigo St. Petersburg Times, apoiou publicamente Al Gore em 2000, John Kerry em 2004, Barack Obama em 2008 e 2012  e finalmente Hillary Clinton em 2016.

Achamos que já deu para perceber a "verdade", e lembrem-se quando a altura chegar "2+2=5".

Declaração de Mark Zuckerberg no facebook


RiseUP Portugal

Sem comentários:

Enviar um comentário